Um autor sobre sua criação

Autoria: BloodCold
Originais - geral - darkfic, original, self-insertion
livre - completa


Um autor sobre a sua criação

 

[Nota do autor: 'Enrolation MODE ON'; Essa fic extremamente curta surgiu enquanto o escritor que aqui vos fala estava absolutamente sem nada para fazer, no colégio á tarde. Alternando entre ouvir rádio chinfrin, olhar para fora da janela, sentar feito o L, eu acabei pegando um papel e escrevi algumas palavras sobre o meu OC, o Assassino Blood “Alex” ^^ Sim, caso não venham a notar, ele é a minha encarnação da malícia e da perversidade 8D (Seria uma personalidade reprimida? xD) ]

 

 

Dizem que ele é como o vento. Quando menos esperar, ele surge, vestido de negro, da escuridão, das sombras da noite—talvez até faça parte delas, quem sabe? Seus passos são comparáveis aos de um felino satisfeito, sagaz, um gato de olhos brilhantes caminhando sobre um muro atrás de sua presa, caindo sempre em pé em suas quedas. Alguns contam que ele não morre; outros dizem que só morrerá quando encontrar algo—ou alguém—que procurou pela vida inteira. Se é fato, não se dizer. Sempre mantendo aquela calma sobrenatural, o olhar atento, a voz sussurrando nos ouvidos de suas vítimas palavras “gentis”, palavras frias, palavras envolventes—como o vento que uiva durante uma noite sem estrelas. Assassino nato, segundo contam. Em sua tão jovem idade, sente prazer, satisfação pelo sangue, oh puro líquido avermelhado, fluido dos corpos. Seus olhos são verdes, como um campo num dia tempestuoso de verão, lançando olhares de malícia, beirando ao desejo por vingança. Muitos se perderam em seus olhos, caindo infinitamente em seu encanto desumano. Os que sobreviveram á sua lâmina mortal, jamais puderam dormir novamente sem lembrar daquele rosto jovem, um garoto surgindo da escuridão. Dizem as lendas que ele jamais sorri. Outros dizem que apenas o faz quando seus olhos refletem o rubor enegrecido do sangue em sua espada afiada, sua lâmina de vingança, refletindo a própria face. Repentinamente, ele aparece, entradas e saídas triunfais, sempre vencendo, sempre por cima da situação, no controle.

        Às vezes penso que posso ouvir a sua voz em noites sombrias como esta…

- Minha lâmina está em sua garganta, jovem escritor. Agora largue essa sua caneta…  

 

 















Unknown - 2008-09-06 16:49:16
Heuheuheuehuehue! \o/ Muito legal essa "fic" =D Gostei da aparição do Blood no final... =P

BloodCold respondeu: Kyaaaah, obrigado *-*





Lady of the Night - 2008-06-09 15:04:35
Ohhh... fez-me estremecer mas está super lindo.. Parabéns!!

BloodCold respondeu: Poxa, obrigado! \o/ Acho que essa era, enfim, a intenção ^^ Até mais! See ya;







Comentar Este Texto VIA FF-SOL
Visualizar Todos os Comentários VIA FF-SOL (2 Comentários Atuais)
 

 

 

 


Esta página faz parte do site FF-SOL